TRÊS PRIMEIROS CLASSIFICADOS ARRECADAM OS 3 PONTOS NA LIGA SEMANAL!

 

SUPERLIGA SEMANAL

 

Água Suja Poluída 10-3 Colinas do Cruzeiro FC

1ª PARTE DITOU VENCEDOR!

Primeiro remate no jogo a ser efetuado pela equipa do Colinas do Cruzeiro, mas com a bola a passar por cima da baliza. Água Suja Poluída a começar a ter desde cedo mais bola, tendo ameaçado aos dois minutos, num remate de calcanhar, que foi parado pelo poste da baliza de Paulo Pedrosa. Depois do aviso, o golo a surgir passados três minutos do apito inicial, marcado por Gonçalo Costa. Mesmo depois de chegarem ao golo, a equipa continuava a somar oportunidades atrás de oportunidades, e aos cinco minutos chega mesmo ao 2-0, desta feita por João Esteves. Colinas Cruzeiro a terem a oportunidade de reduzir, mas depois de tirarem o guarda-redes do lance viram um defesa tirar a bola em cima da linha de baliza. Esta era a melhor fase da equipa de Pedro Mesquita, que ia tentando criar perigo, principalmente em remates de meia distância. No entanto era a equipa dos Água Suja Poluída a voltar a marcar, novamente por João Esteves. O golo sofrido desconcentrou a equipa do Colinas, começando a falhar nas marcações, principalmente no centro do terreno, dando espaço para o adversário criar perigo em zonas frontais à baliza. Esta situação foi fatal, já que os Água Suja Poluída conseguiram passar de um parcial de 2-0 para um de 7-0 em apenas dez minutos. Ao intervalo o marcador apontava assim 7-0.

A segunda parte seria algo diferente, mais equilibrada, e prova disso foi o golo de Fábio Sanchez para o Colinas, num remate de longe que bate no chão enganando o guarda-redes (7-1). Numa altura de parada e resposta, viria a surgir o golo do dia, marcado por João Esteves, que ainda no seu meio campo consegue fazer um chapéu ao guarda-redes (8-1). O golo sofrido não abalou a equipa do Colinas que continuou a tentar jogar cara a cara frente ao seu opositor. Até ao fim do jogo, mais quatro golos, dois para cada equipa, fixando o resultado final em 10-3. Uma excelente vitória para os Água Suja Poluída, enquanto os Colinas saíram do jogo com um parcial na segunda parte mais interessante.

 

Bonde Sem Freio 5-0 Lisboa Clube Rio de Janeiro

Vitória para o Bonde Sem Freio, beneficiando da falta de comparência da equipa adversária.

 

Growin 1-14 M. Kiala Construções

NOITE DE POKERES PARA O M. KIALA CONSTRUÇÕES!

Início de jogo melhor para os Kiala a chegarem ao golo logo aos dois minutos. A diferença de qualidade entre as duas equipas ia-se fazendo sentir e aos 17 minutos o marcador já assinalava 4-0. Growin sem espaço para conseguir sair a jogar, fruto da pressão alta do seu adversário e o Kiala a aproveitar as perdas de bola na defesa do seu adversário para marcar por mais duas vezes (6-0). No último minuto da primeira parte, os Growin a conseguir chegar ao golo, numa jogada individual de Pedro Pimenta, que recebe a bola junta à linha e remata cruzado, batendo desta forma o guarda-redes adversário. Ao intervalo 6-1.

A segunda parte a começar equilibrada, com os Growin a irem defendendo bem e tentando com ataques rápidos assustar os Kiala. No entanto a muralha defensiva cairia perto dos 32 minutos, com o 7-1 a ser marcado por João Silva. Ele que viria uma das figuras da equipa nesta segunda parte, ao apontar quatro golos. Os Growin começaram a desligar do jogo com o passar dos minutos e os golos começaram a ocorrer com naturalidade, seis golos em sete minutos, colocando o marcador nuns expressivos 13-1. Destaque também para os reforços Fábio Freitas e Sérgio Tavares que chegariam no decorrer desta segunda parte aos quatro golos cada. Até ao fim do jogo mais um golo para os Kiala, estes que acabariam por ainda desperdiçar uma grande penalidade (14-1). Pedro Pimenta, o mais inconformado por parte dos Growin, ainda teve nos pés algumas oportunidades nos últimos minutos, mas sem sucesso.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.