TATTUS A.A. ESTREIAM-SE A VENCER NA SUPERLIGA!

 

SUPERLIGA SÉRIE 1

 

Tattus AA 11-4 Ajax

VITÓRIA COM SAMBA!

Os Tattus A.A levaram de vencidos os Ajax, num jogo em que se impuseram de forma clara com uma vitória por 11-4, impondo sempre um ritmo elevado com constantes transições rápidas para o ataque e exercendo uma pressão a todo o campo, que retirou ideias ao seu adversário, que foi incapaz de acompanhar o ritmo imposto, apresentando-se os Ajax sempre muito limitados a nível ofensivo e comprometedores defensivamente. Vitória fácil dos Tattus A.A que tiveram em Edwin Jeque a sua figura maior com 4 golos.

 

hDS Clube 2-3 FC Sarrabecos

FC SARRABECOS GARANTEM NOVA VITÓRIA, MAS SUADA!

Os FC Sarrabecos venceram os hDs Clube por 2-3, num jogo em que tiveram que suar para garantir os 3 pontos. Numa primeira parte com os Sarrabecos a assumirem como é seu hábito o jogo, instalando-se no meio campo adversário e mantendo uma estratégia de posse, encontraram pela frente uma equipa dos hDs Clube a assumir uma estratégia bem definida e entregado o domínio de jogo á sua adversária, fechando os caminhos para a sua baliza e procurando sair sempre que possível em contra-ataque, de modo a aproveitar o balanço ofensivo dos Sarrabecos para criar perigo. A resistência dos hDs durou até ao minuto 7 com José Sousa a inaugurar o marcador e poucos minutos mais tarde a colocar a sua equipa a vencer por 0-2. Resultado este que se verificaria ao intervalo. Na segunda parte os hDs Clube procuraram subir as suas linhas, pressionando mais alto e criando vários problemas à circulação de bola dos Sarrabecos, conseguindo reduzir para 1-2. Golo que viria a ser respondido de imediato pelos Sarrabecos colocando-se a vencer novamente por dois golos de vantagem. Apesar do golo sofrido os hDs Clube não baixaram os braços e partiram para cima do seu adversário, resultando num jogo de inúmeras oportunidades para ambos os lados, que iam sendo evitadas pelos guarda-redes ou esbarradas nos postes das balizas. Até ao final mais um golo para os hDs Clube, que garantiu a incerteza do resultado até ao fim, mas que viria a não ser suficiente para roubar pontos aos Sarrabecos, que saíram vencedores por 2-3.

 

InterSac 5-3 Os Cariocas

INTERSAC VENCE COM HAT-TRICK DE TIAGO GONÇALVES!

Os InterSac garantiram mais uma vitória desta feita frente aos Cariocas. Num jogo onde se verificou uma primeira parte de grande intensidade, com ambas as equipas a quererem pressionar alto, impondo uma pressão constante sobre o portador da bola, ocorrendo um jogo de constantes transições ofensivas e consequentemente situações de finalização em ambas as balizas, conseguiram os guarda-redes manter o empate a 1 golo até ao intervalo. Resultado sinónimo do enorme equilíbrio que se verificava. Na segunda parte a intensidade manteve-se, com ambas as equipas a entregarem-se ao jogo, e assistindo-se a um jogo emocionante, em que o InterSac nos minutos iniciais, aproveitando o balanço ofensivo dos Cariocas, consegue fazer 2 golos em contra-ataque colocando-se a vencer por 3-1. Desvantagem essa que não desmoralizou os Cariocas que mantiveram a sua entrega ao jogo, conseguindo empurrar o seu adversário para o meio campo defensivo e conseguindo chegar ao empate, relançando o jogo. Do que restou do jogo, registo para duas equipas batalhadoras e a tentarem de tudo para garantirem a vitória, mas esta a cair para o lado daquela que menos errou, neste caso o InterSac, que aproveitando duas perdas de bola dos jogadores dos Cariocas, sentenciaram o encontro com mais dois golos. Vitória final dos InterSac por 5-3, em que Tiago Gonçalves com 3 golo foi a figura.

 

PMPCar 0-5 Portela FC

Vitória para a equipa do Portela FC, beneficiando da falta de comparência da equipa adversária.

 

SUPERLIGA SÉRIE 2

 

Era uma Vez 2-5 Amigos do Adriano

ERA UMA VEZ… UMA EQUIPA DE CABEÇA QUENTE!

O Jogo começou com um bom ritmo, com ambas as equipas a procurarem o golo o mais cedo possível. Foram os Era uma Vez que abriram o marcador, mas a vantagem não durou nem 2 minutos, após três excelentes jogadas coletivas, com Pedro Tralhão a ter apenas de encostar. Os Amigos deram a volta ao resultado, passando assim a liderar por 1-3, quando estávamos ainda no minuto 8 da primeira parte. O resultado começou a ganhar a forma de goleada quando João Rafael fazia o 1-4, num excelente golo de livre. Foi a partir deste golo que os Era uma Vez começaram a ficar muito nervosos, de cabeça perdida, e desta forma chegaram facilmente às cinco faltas e a acumular cartões, que apenas os viria a prejudicar. Apesar disso, os Era Uma Vez conseguiram ainda reduzir para 2-4 por Luryan e assim levar a esperança para a segunda parte. A segunda parte começou novamente com um bom ritmo de jogo, com a procura constante da baliza adversária por parte das duas equipas, mas com uma baixa eficácia. Já nos últimos minutos os Amigos do Adriano voltariam a encontrar o caminho da baliza adversária e assim consolidaram a vitória por 2-5.

 

Ederzitos17 1-6 Unaita

UNAITA VENCE E CONVENCE!

Os Unaita entraram decididos a resolver o jogo, impondo o seu futebol e conquistando o terreno adversário. Os Ederzitos iam resistindo como podiam, até que ao minuto 8, Felipe Gaspar abriu o ativo. O sentido do jogo não se inverteu e foram raras as vezes em que o guardião da equipa de Preto foi chamado a intervir. O momento da noite chegou mesmo à entrada para o intervalo, com um excelente golo de belo efeito de Frederico Rilhas, que assim conseguiu furar novamente a muralha dos Ederzitos. Na segunda parte o fluxo de jogo manteve-se constante, com os Unaita a conseguirem faturar por mais duas ocasiões, até que os Ederzitos decidem tentar guarda-redes avançado já nos últimos minutos. E a verdade é que conseguiram chegar mais vezes à baliza adversária, tendo mesmo marcado um belo golo precisamente através do seu guarda-redes, Guilherme. Porém quando procuravam reduzir o marcador, os Unaita em contra ataque viriam a marcar mais 2 golos, terminando o jogo com num 1-6.

 

FC Columbus 3-4 Real Daqui

UMA REAL SORTE DAQUI!

O Real começou da melhor maneira, com um golo logo no primeiro lance do jogo. Porém a resposta dos Columbus não tardou com um golo fantástico de Alessandro, num excelente remate fora de área sem hipóteses para o guarda-redes. O jogo continuou num ritmo frenético com oportunidades para ambas as equipas, Sérgio, o guarda-redes do Real Daqui ia aguentando a baliza enquanto lá à frente Júnior Pires ia marcando, conseguindo mesmo chegar ao hat-trick ainda antes dos 10 minutos. Os Columbus atingiram a quinta falta e o jogo começou a aquecer tanto em nível de disputa de lances, como ao nível da disciplina. A segunda parte também começou com mais um golo para o Real Daqui, desta vez por parte de Wender, mas os FC Columbus não desistiram e criaram várias oportunidades de golo, já após a expulsão do jogador do Real Daqui, que deixou a equipa reduzida a quatro elementos. Foi assim já ao cair do pano que Heliodoro Rebeldo viria a reduzir para 3-4, através de dois golos que trouxeram uma grande emoção para os últimos minutos, tendo o guarda-redes Sérgio evitado várias vezes o golo do empate. Fica a ideia que se o jogo ainda tivesse mais uns 10 minutos o resultado poderia ter sido bem diferente, mas é o Real Daqui quem tira a sorte deste jogo com o alcançar de mais 3 importantes pontos.

 

PFC 11-4 Alba Team

WILLIAN JUNIOR LEVA PFC À GLÓRIA!

O jogo não podia ter começado da melhor forma, com um golo para cada lado logo aos 2 minutos. O PFC começou a ganhar terreno e o Alba Team ia reagindo como podia às várias investidas dos homens de branco. A resistência durou até aso 16 minutos, quando Willian Júnior marcou novamente. A partir deste momento a equipa de azul foi-se abaixo e os PFC começaram a carregar cada vez mais, chegando ao intervalo com uma vantagem de 3 golos (4-1). O Alba Team ia tentando responder com as excelentes iniciativas individuais de Rui Quintas e do seu capitão, Igor. Na segunda parte, o jogo manteve-se ligado à corrente e se de um lado havia Willian Júnior que era o goleador de serviço dos PFC, do outro lado surgia um avançado improvável, Igor leal. Após a expulsão do guardião da equipa de azul, o jogo desequilibrou ainda mais, criando desta forma um resultado muito pesado para o jogo que os Alba Team realizaram.

 

2ª LIGA SÉRIE 1

 

Nikita 3-5 Gin&Ais

JOGO EQUILIBRADO CAI PARA O LADO DOS GIN&AIS!

Os Gin&Ais venceram os Nikitas, num jogo que contou com uma primeira parte muito equilibrada e disputada a meio-campo, com ambas as equipas a tentarem importunar o seu adversário assim que este tinha a bola, resultando em muitas perdas de bola e poucas oportunidades de golo, chegando ao intervalo com os Gin&Ais a vencerem por 1-2. A segunda parte trouxe uma equipa dos Nikita a procurar reverter o resultado, criando nos minutos iniciais várias oportunidades de golo, que iam sendo desperdiçadas, enquanto que os Gin&Ais procuravam sempre que podiam aproveitar os desequilíbrios da sua adversária, estratégia essa que permitiu aos Gin&Ais dilatar a sua vantagem para 1-4 em dois contra-ataques. Quando se pensava que os Nikita poderiam baixar os braços, estes não se deixaram desconcentrar e continuaram a procurar por todos os meios reverter o resultado, continuando a criar várias oportunidades e reduzindo o resultado para 3-4, sendo apenas derrotados quando já recorriam ao guarda-redes avançado, com o quinto golo dos Gin&Ais aproveitando a baliza escancarada. Resultado final de 3-5 para os Gin&Ais num jogo bem disputado e que teve em Carlos Pires dos Gin&Ais e Natanael Sousa dos Nikitas, autores de 2 golos cada, as figuras.

 

GD Atalaiense 2-5 Surprise Team

SEGUNDA PARTE AUTORITÁRIA GARANTE VITÓRIA PARA OS SURPRISE TEAM!

Os Suprise Team levaram de vencidos o GD Atalaiense, num jogo que teve uma primeira parte marcada pelo equilíbrio entre as duas equipas, que apostaram em estratégias distintas. Os Surprise Team a procurarem manter ao máximo o seu equilíbrio defensivo e saindo sempre com critério para o ataque, ao passo que o GD Atalaiense, impulsionados pela estratégia adversária, apresentava mais posse de bola e concentrava-se durante mais tempo no meio campo adversário, chegando ao intervalo com um empate a duas bolas. Na segunda parte os Surprise Team entraram com o intuito de garantir a vitória, apoderando-se da posse de bola e assumindo o jogo, passando mais tempo em meio campo adversário, atitude esta que permitiu fazer mais três golos, garantindo assim uma vitória justa por 2-5 sobre o GD Atalaiense que se apresentaram para a segunda parte sem ideias e pouco intensos.

 

2ª LIGA SÉRIE 2

 

Balazio 8-6 Os Cansados

VANTAGEM INAUGURAL GARANTE VITÓRIA SUADA!

Vitória dos Balázio sobre o Cansados por8-6, num jogo que contou com uma primeira parte jogada a um ritmo baixo, com ambas as equipas a imporem uma circulação da bola lenta e uma fraca pressão defensiva, ritmo que serviu para os Balázio chegarem ao intervalo a vencerem por 4-0, com alguma facilidade, graças à apatia que os Cansados apresentavam na sua transição defensiva e displicência no ataque. A segunda parte trouxe um jogo com um ritmo mais elevado, com os Cansados a acordarem para o jogo e a tentarem discuti-lo, tornando-se num jogo mais aberto com constantes situações de finalização em ambas as balizas, e com os Cansados a acreditarem que ainda podiam discutir o resultado. Esforço que seria inglório pagando cara a primeira parte de vantagem dada aos Balázio, que com os 4 golos marcados antes do intervalo, garantiram uma vitória por 8-6. Destaques para Nuno Delgado dos Balázio com dois golos e Joaquim Silva com 3.

 

Golden Boys 7-5 Turistas

ENTRADA A TODO O GÁS NA 2ª PARTE GARANTE VITÓRIA AOS GOLDEN BOYS!

Os Golden Boys venceram os Turistas por 7-5, num jogo que teve uma primeira parte muito equilibrada com ambas as equipas a procurarem serem as protagonistas, resultando num jogo de constantes transições e situações de finalização e consequentemente em golos que surgiam de parte a aparte em resposta ao golo do adversário, registando ao intervalo a vantagem de 3-2 para os Golden Boys. Os minutos iniciais da segunda parte foram determinantes para o resultado final, com os Golden Boys a entrarem a todo o gás e a fazerem dois golos de rajada, garantindo uma vantagem que se viria a verificar determinante, no que decorreu do jogo, possibilitando, apesar da chuva de golos da segunda parte, garantir a vitória por 7-5.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.