OS MARRETAS E CAFÉ PAULO B. SANTIAGO SEGUEM NA LIDERANÇA DA LUTA PELO TÍTULO DE CAMPEÃO DA 2ª LIGA!

DIVISÃO DE ELITE

 

PFC 2-5 Amigos do Adriano

AMIGOS DO ADRIANO DE OLHO NO PRÉMIO MÁXIMO!

Este jogou começou logo muito mexido com duas grandes oportunidades de golo seguidas, uma em cada baliza, e que resultaram em duas grandes intervenções dos respetivos GR, mostrando logo o que seria o filme de jogo, muito disputado, oportunidades parte a parte e foi sem estranhar que se chegou ao intervalo com o marcador empatado. Na 2ª parte a toada do jogo manteve-se, com uma maior eficácia dos “Amigos do Adriano” que conseguiram uma vantagem importante de 3 golos, que não mais deixaram escapar. De referir ainda a grande exibição do GR dos “Amigos do Adriano”, que não vacilou nem mesmo no pressing final da equipa adversária, quando apostaram tudo por tudo no 5 para 4.

 

Portela FC 1-1 hDs Clube

EQUILIBRIO DITA EMPATE!

O jogo entre os Portela Fc e os hDs Clube opunha duas equipas que vinham apresentando excelente forma, perspetivando-se um encontro de grande intensidade e interesse, e as duas equipas não desapontaram. A primeira parte iniciou-se com o golo dos hDs Clube, que numa transição rápida adiantaram-se no marcador por intermédio de Hamid Taheri. O golo madrugador tornou o jogo que já se esperava de alta voltagem, num autêntico rodopio de transições rápidas, e duelos individuais, mas com a organização defensiva das duas equipas a superiorizar-se aos respetivos ataques. Sendo que as redes só voltariam a estremecer, apesar da procura constante das duas equipas, já perto do intervalo com os Portela FC a conseguirem chegar ao empate por intermédio de José Marques e com a primeira parte a fechar com 1-1 no marcador. A segunda parte manteve o mesmo ritmo da primeira, com as duas equipas a entregarem-se ao jogo e a procurarem a todo o custo o golo que lhes garantiria a vitória, mas apesar das várias tentativas nenhum dos ataques foi capaz de superiorizar-se à ótima organização defensiva apresentada por ambas as equipas, em conjunto com boa exibição dos dois guarda-redes e o empate manter-se-ia até final do jogo. Resultado final de 1-1, num jogo que nenhuma das equipas merecia sair derrotada.

 

FC Sarrabecos 3-3 Unaita

UM PONTO PARA CADA EQUIPA!

FC Sarrabecos e Unaita empatam em jogo equilibrado, em que a primeira parte contou com duas equipas a apresentarem estratégias distintas. Os FC Sarrabecos no seu modelo habitual tomavam controlo da bola e do jogo mantendo um futebol apoiado e abriam o marcador à passagem do minuto 12, por José Sousa. Enquanto os Unaita viam-se obrigados a recuar no terreno mantendo uma boa organização defensiva, que ia conseguindo bloquear as investidas adversárias, e apostando quando podia no contra ataque, conseguindo desta forma estabelecer o empate ao minuto 17, por intermédio de Frederico Rilhas. Mas os FC Sarrabecos controlavam cada vez mais o jogo e iam cada vez mais sufocando defensivamente a sua adversária, conseguindo com naturalidade colocar-se mais uma vez em vantagem com Carlos Ribeiro a marcar poucos minutos depois. Estava feito o 2-1, resultado que se registaria ao intervalo. A segunda parte seria repleta de emoção, com os Unaita a alterarem a sua estratégia, procurando pressionar mais alto no terreno e tornando-se progressivamente mais perigoso, estratégia que seria recompensada á passagem do minuto 34 com o golo novamente de Frederico Rilhas, a colocar o marcador de novo empatado. O Jogo ganhava uma nova emoção e obrigava novamente os FC Sarrabecos a arregaçar as mangas na procura do golo, recuperando o domínio e tentando a todo o custo desequilibrar a boa organização defensiva dos Unaita que ia impedido as investidas dos seu adversário. O esforço dos FC Sarrabecos seria compensado á passagem do minuto 36 com António Batista a finalizar uma excelente combinação. O jogo estava perto do final mas ainda não estava decidido e os Unaita estavam longe de derrotados e num ultimo esforço obrigando os FC Sarrabecos a um trabalho defensivo pouco habitual, iam criando cada vez mais perigo, conseguindo chegar ao empate já ao cair do pano, por Sérgio Bolinhas. Resultado final, empate 3-3.

 

2ª LIGA APURAMENTO DE CAMPEÃO

 

Golden Boys 2-3 Café Paulo B. Santiago

ALTA ROTAÇÃO JUSTIFICA SÚBIDAS DE DIVISÃO!

Num jogo que colocava frente a frente duas equipas que já garantiram a subida de divisão esta época, revelou-se um jogo muito amarrado e sem muitas situações de golo claras em ambas as balizas na 1ª parte. De destacar o grande remate do capitão do “Café Paulo B. Santiago” ao ângulo para desfazer o nulo inicial. Pouco tempo depois dilataram para 2-0 sendo que na resposta os “Golden Boys” reduziram, resultado que se chegou ao intervalo. Na 2ª parte, os “Golden Boys” entraram muito fortes e a carregar na busca do empate, mas o GR adversário ia segurando praticamente tudo, e quando não o fazia, eram os ferros ou os seus colegas de equipa a colocarem-se no caminho da bola. Os “Café Paulo B. Santiago” iam explorando o contra-ataque, ficando muitas vezes perto do 3-1, que acabou mesmo por acontecer num fantástico remate à meia volta de um dos seus jogadores. Houve ainda tempo para nova redução da diferença no marcador por parte dos “Golden Boys”, mas insuficiente para conseguirem pontuar neste jogo.

 

Os Marretas 4-2 Surprise Team

MARRETAS AMARRAM MAIS UMA VITÓRIA!

Jogo entre duas equipas que procuravam conquistar três pontos para alimentarem o sonho de vencerem este campeonato. Os Surprise Team entraram melhor e logo aos 4 minutos, Ralfe Gomes abriu o marcador, mas a resposta não demorou e Roliz empatou aos 7 minutos. As equipas estavam completamente encaixadas e ninguém conseguia desfazer o empate. Já na 2ª parte seria novamente Roliz a marcar o 2-1, porém os Surprise Team não desistiram e voltaram a empatar, desta vez por Júlio Ribeiro. Quando todos pensavam que o jogo ia acabar empatado, Roliz voltaria a macar por mais duas vezes, confirmando assim o seu excelente momento de forma, e assinando assim um poker.

 

LIGA DE INVERNO SÉRIE 1

 

Nikita 0-5 Canelas FC

Vitória para a equipa do Canelas FC, beneficiando da Falta de Comparência da equipa adversária.

 

Os Cansados 5-6 Gin & Ais

GIN&AIS GARANTEM VITÓRIA EM JOGO EQUILIBRADO!

Os Gin&ais levaram a melhor sobre os Cansados. O jogo contou com uma primeira parte muito disputada, com as duas equipas a entrarem decididas a discutir o jogo, resultando em períodos de grande intensidade provocados pela pressão constante imposta pelas duas equipas ao portador da bola, e pela aposta em transições rápidas no momento da recuperação. Começaram melhor os Cansados a adiantar-se no marcador á passagem do minuto 3, por Pedro Silva e momentos depois a aumentar a vantagem para 2-0 com Gelson Tavares a marcar. Mas o jogo pautava pelo equilíbrio e as situações de golo surgiam de parte a parte. Sendo a vez, à passagem do minuto 7, dos Gin&Ais fazerem balançar as redes conseguindo-o em poucos minutos por duas ocasiões, fazendo o empate a 2 golos. Registava-se um jogo aberto que resultava em golos, e seria a vez dos Cansados colocarem-se novamente a vencer marcando por duas ocasiões, desta vez por Maksym Morozon e Bruno Dias, golos que permitiriam á equipa chegar ao intervalo em vantagem, apesar dos Gin&Ais ainda terem tempo de reduzir para 4-3 por intermédio de Flávio Gomes. A 2ª parte começaria com os Gin&Ais a entrarem a todo o gás decididos em reverter o resultado, exercendo uma pressão constante no meio campo adversário e que permitiria em poucos minutos alcançar a reviravolta no marcador com Flávio Gomes e Carlos Pires a marcar e colocar a sua equipa a vencer por 4-5. Os Gin&Ais começavam a ganhar um certo domínio no jogo conseguindo limitar as ações da sua adversária e conseguiriam chegar ao 4-6 por intermédio de Evandro Brandão. O jogo voltaria a estar relançado à passagem do minuto 40 com os Cansados a conseguirem reduzir. Até final seria a vez dos Cansados tudo fazerem para pelo menos garantirem um ponto, mas o esforço seria insuficiente e a vitória não fugiria aos Gin&Ais. Vitória dos Gin&Ais por 5-6, com Flávio Gomes a ser a figura ao apontar 3 golos.

 

InterSac 11-0 Tattus AA

VITÓRIA CONFORTÁVEL MANTÉM INTERSAC NO CONFORTO DA LIDERANÇA!

Os InterSac levaram de vencidos os Tattus A.A num jogo totalmente dominado desde o primeiro minuto e que seria decidido logo na primeira parte, com a equipa dos InterSac a instalar-se no meio-campo adversário desde o começo do jogo para nunca mais de lá sair. O InterSac apresentando-se com um futebol apoiado e sempre organizado ia com alguma facilidade criando constantes situações de finalização, apresentando grande capacidade concretizadora, que se traduziria com naturalidade em golos, dadas as facilidades que os Tattus.A.A permitiam, que por sua vez apresentavam-se sem ideias e com muitas dificuldades defensivas e organizacionais, possibilitando aos InterSac chegar ao intervalo a vencer por 8-0 e com a vitória no bolso.Na segunda parte registo para um jogo a um ritmo mais baixo, com os InterSac a vencerem confortavelmente a procurarem gerir o jogo, ao passo que os Tattus A.A ainda sem se encontrarem no jogo a não conseguirem criar mossa na sua adversária. Até final tempo para mais 3 golos a fechar a goleada dos InterSac por 11-0. Destaque para Hugo Rocha com quatro golos a ser a figura do encontro

 

Super-Fraquinhos 4-3 Ajax

PRIMEIRA PARTE DITA VITÓRIA DOS SUPER FRAQUINHOS!

Os Super Fraquinhos superiorizaram-se aos Ajax, com registo para um jogo com duas partes distintas. A primeira com a equipa dos Super Fraquinhos a entrar mais forte, mostrando-se mais organizada e segura nos seus processos, conseguindo impor-se sobre uma equipa dos Ajax que apresentavam dificuldades na sua construção ofensiva e principalmente no momento defensivo facilitando as ações da sua adversária, conseguindo com naturalidade abrir o marcador logo no primeiro minuto do jogo por intermédio de Bruno Oliveira e dilatar a sua vantagem para 4-0 com mais 3 golos do mesmo. Resultado que se registaria ao intervalo e que espelhava a superioridade da equipa dos Super Fraquinhos. Na segunda parte os papeis inverterem-se e a equipa dos Ajax entrou determinada em reentrar e discutir o jogo, passando a controlar as incidências e empurrando a sua adversária para o seu meio campo defensivo. Esta nova atitude dos Ajax traria frutos e golos, conseguindo reduzir o resultado para 4-3, mantendo a incerteza no resultado até final, mas a não ser suficiente para tirar a vitória aos Super Fraquinhos. Vitória final dos Super fraquinhos por 4-3 com Bruno Oliveira com quatro golos a ser a figura do encontro.

 

Os Cariocas 4-1 GD Atalaiense

CARIOCAS SAEM VITORIOSOS!

Os Cariocas venceram os GD Atalaiense. Registo para uma primeira parte controlada pelos Cariocas, conseguindo impor o seu jogo apoiado de triangulações e trocas de bola rápidas, superiorizando-se à sua adversária e conseguindo construir várias situações de golo que iam sendo desperdiçadas e principalmente negadas pelo guarda-redes Pedro Silva dos GD Atalaiense, que ia a todo custo mantendo a sua equipa no jogo dadas as dificuldades que estes apresentavam defensivamente e na construção. Aa muralha seria derrubada pela primeira vez à passagem do minuto 8 por intermédio de João Trancoso, estabelecendo o 1-0 para os Cariocas, resultado que se registaria ao intervalo. O jogo seria decidido na segunda parte com os Cariocas a conseguirem finalmente traduzir a sua superioridade em golos apesar da continuação da boa exibição de Pedro Silva na baliza dos GD Atalaiense e da melhoria de rendimento da equipa que conseguiu, finalizando por mais 3 ocasiões com sucesso. O melhor que o GD Atalaiense conseguiu fazer foi marcar por uma ocasião por intermédio de Paulo Simões. Vitória dos Cariocas por 4-1, com João Trancoso a ser a figura com 3 golos.

 

LIGA DE INVERNO SÉRIE 2

 

Fuminense FC 4-7 Era Uma Vez

SUSTOS À VEZ!

O primeiro jogo da tarde em Cascais começou bom, com as duas equipas logo desde o início à procura do golo, que acabou por chegar aos 10 minutos num remate certeiro de Rui Araújo. O 2º e o 3º golos apareceram pouco tempo depois, através de um livre indireto à entrada da área e após uma finalização de calcanhar dos “Era uma Vez”, respetivamente. Ao intervalo 0-3. Mal começou a 2ª parte, mais um golo para a mesma equipa (0-4) e quando se pensava que o jogo não ia ter mais história, os “Fuminenses” encetaram uma recuperação incrível, chegando aos 3-4 em apenas 2 minutos. Até praticamente ao final do jogo, os “Fuminenses” continuaram a carregar e estiveram muitas vezes perto de empatar, mas foram mesmo os “Era Uma Vez” a conseguir a vitória, fixando o marcador em 4-7, com destaque para o Póquer do inevitável António Rodrigues.

 

Os Panteras Negras 3-6 Real Daqui

HAT-TRICK DESEQUILIBRA A PARTIDA!

Num jogo em que os “Real Daqui” jogavam sem o seu GR habitual, após expulsão na jornada anterior, foi Bogdan Variu o herói da partida ao desequilibrar o marcador com um fantástico hat-trick. Foi um jogo muito interessante, com muitas situações de golo nas duas balizas e onde, embora os “Panteras Negras” tenham conseguido colocar pressão na equipa adversária, no final não foi suficiente para alcançar os 3 pontos. A equipa que começou melhor foi a do Real Daqui com um golo logo aos 2 minutos, mas depressa tiveram uma resposta certeira do adversário, que aos 6 minutos já tinha conseguido a reviravolta no marcador (2-1). Numa fase de parada e resposta, Real Daqui empata a partida, os Panteras Negras conseguem voltar à vantagem logo no minuto seguinte, mas até ao intervalo, uma nova reviravolta sorriria desta vez ao Real Daqui, que leva para o descanso uma vantagem de 2-4. Na 2ª parte a história seria simples, dois golos sem resposta para o Real Daqui, que lhes garantiu assim os primeiros 3 pontos nesta competição.

 

Cevada Team 12-2 Alba Team

SANGRIA DE GOLOS!

Num início de jogo muito entusiasmante e com incerteza constante no resultado, foram os “Cevada Team” a inaugurar o placard. Os “Alba Team” tentaram logo de seguida o empate, e num lance vistoso ainda na 1ª parte, numa perda já por si pesada devido a uma falha à boca da baliza, tiveram ainda como resposta na jogada praticamente posterior a esta, o golo do adversário. Apesar deste “abanão” o Alba Team ainda reduz para 2-1, mas até ao intervalo a Cevada Team garante uma margem de 2 golos a seu favor. Numa 2ª parte totalmente distinta, a Cevada Team acabaria por ser bastante superior, traduzindo-se isso em golos, e numa fase em que o jogo do Alba Team não tinha maneira de fluir, 9 golos contra apenas 1, ditaram um resultado final duro de 12-2 para o Alba Team, mas com mérito para a Cevada Team que teve nos dois Póquer’s conseguidos por Gabriel Rodrigues e Victor Costa os principais destaques nesta partida.

 

Balazio 5-6 Super Bock Team

ORA MARCAS TU, ORA MARCO EU!

Num jogo que se perspetivava muito equilibrado entre duas equipas com qualidade e com sentidos postos na baliza, não defraudou as previsões e assistiu-se a um bom jogo de futebol. Começaram por cima os “Super Bock Team” que chegaram ao golo inaugural, mas ao que responderam os “Balazio” com um golo na sequência de um livre indireto à entrada da área, a castigar uma falta do GR adversário. Daí para a frente o marcador esteve sempre em constante mudança, nunca havendo mais do que um golo de diferença entre as equipas até bem perto do fim, quando o capitão dos “Super Bock Team” fez o 6-4 com um grande pormenor técnico, sendo que no entanto logo na resposta os Balazio colocaram novamente a diferença mínima no marcador, com que terminaria a partida. Destaques para os bis de Nuno Delgado do lado dos Balazio e de André Paralta da Super Bock Team.

 

FC Columbus 8-2 Ederzitos17

FC COLUMBUS MANTÊM FASE EXTREMAMENTE POSITIVA!

Jogo entre duas equipas que se conhecem muito bem. Os FC Columbus partiam como favoritos e procuravam uma nova vitória para não deixar fugir a liderança do campeonato, enquanto que os Ederzitos procuravam a primeira vitória. Quanto ao jogo assistimos a um excelente espetáculo com muitos golos e muitas jogadas de muita classe. Fabio Souto abriu o marcador e aos 10 minutos a sua equipa já vencia por 2-0. Os Ederzitos iam resistindo como podiam, mas no final da primeira parte já tinham uma desvantagem de 3-0. Na segunda parte o jogo acelerou, com os Ederzitos a arriscarem, e com os Columbus a aproveitarem o espaço dado para marcarem golos em jogadas de contra ataque. O jogo acabou com um resultado pesado para os Ederzitos (8-2). Os FC Columbus continuam assim nos lugares de topo da tabela classificativa.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.