NEW TEAM – ESTRELAS DA AMADORA E AMBCV GARANTEM 3ª E 4ª VAGAS NA DIVISÃO DE ELITE!

 

SUPERLIGA SÉRIE 1

 

MaltaDoDesporto 4-4 Pastéis Vintage

EMPATE SEM SABOR SUFICIENTE PARA ASSEGURAR 1º LUGAR AOS PASTÉIS VINTAGE!

Jogo entre equipas em diferentes posições, tendo já os Pastéis Vintage assegurado o lugar desejado na Divisão de Elite. Talvez por isso uma entrada com menos fulgor desta equipa tenha favorecido a MaltaDoDesporto, que entra cedo a marcar com o golo de Pablo Barroso aos 4 minutos. Foi necessário depois o 2º golo da MaltaDoDesporto marcado por Daniel Silva aos 17 minutos para despertar os Pastéis Vintage, que com dois golos de rajada marcados por Mateus dos Santos consegue garantir o empate a 2 golos ao intervalo. Numa 2ª parte em tudo igual à 1ª, MaltaDoDesporto volta à vantagem e novamente por uma margem de 2 golos, com Filipe Silva a marcar aos 32 minutos e Daniel Silva a bisar no encontro com novo golo aos 36 minutos. Dificuldades para os Pastéis Vintage depois disto para voltar ao jogo, ainda que a MaltaDoDesporto tivesse neste dia sido obrigada a jogar com um guarda-redes improvisado, acabando este por ser um fator decisivo ainda assim na partida, pois depois do golo de Filipe Joaquim já aos 47 minutos de jogo, poucas pareciam ser as esperanças de se verem mais golos, mas esse golo viria mesmo a surgir através de um livre direto quase do meio-campo, ficando o guarda-redes da MaltaDoDesporto muito mal na fotografia, neste que foi o bis de Filipe Joaquim e que deu ainda assim 1 importante ponto aos Pastéis Vintage na luta pelo 1º Lugar.

 

Mamas FC 3-7 AMBCV

AMBCV DE VOLTA ÀS GRANDES EXIBIÇÕES ASSEGURA NOVA PARTICIPAÇÃO NA DIVISÃO DE ELITE!

Jogo de maior importância para a equipa do AMBCV, que entre estas duas equipas era a única ainda sem vaga assegurada na Divisão de Elite. Devido a isto viu-se um início de jogo anormal, quando era esperada uma partida bastante equilibrada, com o AMBCV totalmente por cima do jogo e a chegar a uma vantagem de 2-0 com golos logo aos 4 minutos de Hugo Lopes e depois aos 12 minutos por Armando Gomes. Os Mamas procuraram equilibrar o jogo da melhor forma que conseguiram e através das suas melhores armas, com isto conseguem ainda reduzir antes do intervalo para 1-2 por intermédio de Sandro Sousa, mas seria Rafael Delgado a sentenciar o resultado ao intervalo num 1-3 favorável ao AMBCV. Inicio de 2ª parte novamente melhor para o AMBCV, bisando Rafael Delgado na partida aos 27 minutos (1-4). O jogo parecia decidido, mas Bruno Cadeireiro ainda fez questão de assustar com o 2-4 aos 32 minutos, susto esse que foi curto para a resposta imediata do AMBCV com o bis de Armando Gomes e também de Hélder Guia, que com golos aos 35, 42 e 44 minutos colocaram o AMBCV a vencer por 2-7. Até final apenas mais um golo, bisando Sandro Sousa na partida aos 49 minutos que concluiu o resultado num 3-7, definindo as 3 equipas desta competição que vão à Divisão de Elite.

 

Dream Team 4-2 SeteÀRasca

SETEÀRASCA AINDA ASSUSTA, MAS DREAM TEAM ASSEGURA VITÓRIA AINDA ANTES DO INTERVALO!

Jogo esteve bastante equilibrado com a Dream Team a querer assumir o jogo logo de início, mas é o SeteÀRasca que acaba por aproveitar uma perda de bola e faz o 1-0 por Ruben Carneiro. Poucos minutos depois a Dream Team chega ao empate por Filipe Saldanha, mas é novamente o SeteÀRasca que passa para a frente do marcador por Pedro Froes. Antes do intervalo, tampo ainda para a Dream Team passar para a frente do marcador, com golos de Sérgio Silva e Ivo Cândido. Na segunda parte o jogo esteve bastante equilibrado com a Dream Team a fechar bem os espaços para a sua baliza e aos 40 minutos faz o 4-2 por Frederico Almeida, assegurando assim a vitória.

 

Café Praceta 4-3 CP4L

CP4L DESACELERA NO 2º TEMPO, CAFÉ PRACETA APROVEITA E DÁ A VOLTA!

A CP4L entrou na partida e na sequência de um ataque rápido aos 7 minutos Rafael Silva na cara do guarda-redes abriu a contagem. Estiveram novamente perto de marcar após livre, mas foi o Café Praceta a igualar o marcador; aos 14 minutos Sérgio Silva passa a rasgar para Diogo Moreira que descobriu Nuno Antunes no coração da área (1-1). A CP4L não cruzou os braços e aos 16 minutos Mithune Cantilal encostou em vólei ao 2º poste, após excelente passe longo de Telmo Ribeiro. Ao intervalo: 1-2. O Café Praceta veio para a 2ª parte decidido a mudar o rumo dos acontecimentos e aos 31 minutos na sequência de um lançamento de linha lateral Diogo Moreira encostou para o empate. Aos 35 minutos acertaram no poste e pouco depois num contra ataque mortífero Pedro Cardoso combinou e finalizou para o 3-2. O golo que deu a tranquilidade ao Café Praceta surgiu aos 48 minutos após recuperação de bola de Leandro Pacheco. Até final a CP4L ainda reduziu na transformação de um pontapé de penálti criando indecisão até final, mas o resultado não mais mexeu.

 

SUPERLIGA SÉRIE 2

 

Vulcão FC 9-1 T.B.V. Brooklyn

TANTO VULCÃO PARA TÃO POUCO BROOKLYN!

Jogo entre duas equipas ainda na luta pela Divisão de Elite, estando o TBV Brooklyn em melhor posição à entrada para esta partida. Talvez por isto a equipa do Vulcão tenha entrado com maior pressão sabendo que os 3 pontos neste jogo eram obrigatórios, e num inicio de partida extremamente bombástico do Vulcão, estes chegam a uma vantagem de 3 golos com apenas 5 minutos disputados, com golos de Alexandre Amaral, Mamadu Djaló e Ricardo Tavares, sendo o golo de Ricardo o golo do jogo, num remate explosivo de fora da área completamente indefensável. Durante a restante 1ª parte o TBV Brooklyn conseguiu acalmar este ritmo e equilibrar a partida, ainda que o Vulcão continuasse por cima, conseguindo estes ainda antes do intervalo fazer o 4-0, marcando Hélder Pereira o último golo dos primeiros 25 minutos. 2ª Parte começa como a 1ª, com o Vulcão a entrar a marcar, fazendo Fábio Freitas o 5-0. Os golos continuaram a surgir, TBV Brooklyn com poucos argumentos para conseguir responder aos golos adversários e a vantagem foi aumentando com golos aos 37, 38, 40 e 48 minutos, com Ricardo Tavares a bisar na partida e Mamadu Djalo a fazer um poker (9-0). Só no último minuto de jogo Frederico Neto conseguiria marcar para o TBV Brooklyn, concluindo o resultado num duro 9-1 para a sua equipa, mas que ainda não os retirou das contas da Elite.

 

New Team – Estrelas da Amadora 4-0 Recreativo do Libolo

ELITE JÁ “CÁ” CANTA!

Numa partida entre duas equipas em diferentes posições na classificação e por isso também na luta por diferentes objetivos, entrava como favorita pelo conjunto das suas prestações esta época a equipa da New Team – Estrelas da Amadora. Esse favoritismo teve frutos com um golo logo aos 4 minutos da partida, abrindo o marcador Vânio Francisco do Recreativo do Libolo, mas para a equipa adversária ao introduzir a bola na própria baliza. Depois deste golo o jogo equilibrou durante vários minutos com ambas as equipas na busca do golo, surgindo um novo golo apenas aos 19 minutos, com Igor Ramalho a fazer o 2-0 com que o encontro chegaria ao intervalo. Na 2ª parte o jogo voltou ao mesmo ritmo da 1ª, o Recreativo do Libolo ainda tentou chegar ao golo mas embateu sempre nos últimos homens da equipa da New Team que não consentiram qualquer golo nesta partida, estando neste capítulo Hugo Ramalho em destaque. Até final do encontro a New Team consegue coroar a sua boa exibição com mais 2 golos, fazendo aos 41 minutos Diogo Fernandes o 3-0 e aos 44 Manuel André conclui o encontro num 4-0 que coloca os estreantes da New Team – Estrelas da Amadora na Divisão de Elite, que os poderá mesmo levar à próxima edição da Final Nacional se garantirem um dos dois primeiros lugares dessa competição, bem como o título de Campeões de Lisboa se garantirem o 1º Lugar.

 

ODC Warrior 1-5 Central Mensageiro

SÓ DEU WILSON ALMADA!

No jogo entre ODC Warrior e Central Mensageiro, já não restando hipóteses aos ODC Warrior de se apurarem para a Divisão de Elite, as atenções viravam-se para a responsabilidade maior que tinha a equipa do Central Mensageiro de conquistar os 3 pontos nesta partida, se ainda queriam entrar para a última jornada apenas dependentes de si para conseguir novamente este objetivo que não lhes tem escapado nas últimas épocas. O jogo começou melhor para os ODC Warrior que logo aos 4 minutos vêm Moussa Coly abrir o marcador para a sua equipa, deixando o adversário sobre aviso. Apesar do golo sofrido, a equipa do Central Mensageiro foi sempre tendo mais controlo da partida, e por isso não foi com surpresa que chegaram à reviravolta ainda na 1ª parte, com nada mais nada menos que 4 golos aos 10, 13, 16 e 23 minutos, tendo todos eles sido marcados pelo inevitável Wilson Almada que não perdoava uma nesta partida. A 2ª parte manteve-se no mesmo ritmo da primeira, mas apenas pecou em golos. Os ODC Warrior ainda conseguiram chegar perto da baliza adversária algumas vezes, mas apenas mais um golo de Wilson Almada (5º na partida), alteraria o marcador para o 1-5 que concluiria esta partida e colocou assim o Central Mensageiro num 2º Lugar que os deixa agora em muito boa posição de chegar à desejada Divisão de Elite.

 

Black Power 5-1 Pornmouth

FÍSICO BATE JUVENTUDE!

Num jogo de extrema importância para ambas as equipas, podendo ainda as duas chegar à Divisão de Elite, ninguém se queria sujeitar a perder pontos, pois esses seriam fatais na luta pelo principal objetivo. Entrada matadora dos Pornmouth que logo na 1ª oportunidade abriram o marcador, finalizando Francisco Nicolau com sucesso para o 0-1. 4 Minutos depois surge a primeira resposta dos Black Power dos pés de Ismael Braga que empata a partida e depois o jogo entra numa fase em que qualquer equipa podia chegar ao golo, apesar dos Black Power se manterem ligeiramente por cima do jogo com mais capacidade para se superiorizar ao seu adversário. Até intervalo apenas mais 1 golo surgiu, com Herman Rodrigues do Black Power a consumar a reviravolta no marcador, indo o jogo para o descanso em 2-1. A 2ª parte acabaria por ser muito semelhante à 1ª, qualquer equipa poderia chegar ao golo, mas a maior capacidade física dos Black Power foi determinante, pois ainda que os Pornmouth tenham assustado algumas vezes, foram os golos de Nuno Pereira, Adilson Rodrigues e Nilton Carlos a concluir o encontro com a vitória por 5-1 para a sua equipa.

 

 

NA SÉRIE 1, UNIPEC FC E REAL LISBON FC JÁ GARANTIRAM LIGA DE APURAMENTO DE CAMPEÃO! NA SÉRIE 2, JUNTAM-SE BOCA E OLÍMPICO DA FALAGUEIRA E DEIXAM AGORA APENAS UMA VAGA EM CADA SÉRIE PARA PREENCHER AS 6 VAGAS!

 

2ª LIGA SÉRIE 1

 

Hellvalade 2-6 Unipec FC

UNIPEC FC AINDA SE VIU EM DESVANTAGEM MAS RESPONDERAM COM 6 GOLOS!

Hellvalade a entrar melhor no jogo e nas duas primeiras oportunidades chegou ao golo por duas vezes, com um bis de João Pires. Mas logo o rumo do jogou mudou e o Unipec dá a volta ao resultado para 4-2, com um bis de Admacelho Silva, um de César Pinto e um de Wesley Alves. A segunda parte foi mais equilibrada e mais pobre em golos, com apenas dois golos para o Unipec FC a concluir o encontro, novamente marcados por Admacelho Silva e um de Edoardo Pasta. Com esta vitória a equipa do Unipec FC assegurou assim a sua participação na 2ª Fase na Liga de Apuramento de Campeão da 2ª Liga, liga esta que lhes poderá também dar acesso à liga principal já na próxima época.

 

Inazuma Seven FC 0-5 Borussa Dormetudo

Vitória para a equipa do Borussia Dormetudo, beneficiando da utilização irregular de um jogador por parte da equipa adversária.

 

Galáticos FC 4-6 RedTails United

GRANDE REVIRAVOLTA DOS REDTAILS UNITED!

Galácticos a entrarem bastante bem na partida e aos 20 minutos já venciam por 3-0, com bis de Marcos Almeida e um de Rui Rodrigues. Os RedTails viram-se assim depois obrigados a correr atrás do resultado e conseguem reduzir para 3-2 ainda antes do intervalo, com bis de Leandro Carriço. Na segunda parte os RedTails a superiorizar-se e passam para a frente do marcador por Hugo Pinto e novamente Leandro Carriço (4-3), mas poucos minutos depois Galácticos conseguem empatar o jogo por Daniel Lérias. Os RedTails passariam para a frente do marcador novamente por João Anjos e com o bis de Hugo Pinto, assegurando assim a vitória pela margem de 2 golos.

 

Real Lisbon FC 5-0 FC Beercelona

Vitória para a equipa do Real Lisbon FC, beneficiando da Falta de Comparência da equipa adversária.

 

2ª LIGA SÉRIE 2

 

MixTeam 4-5 Lista Exigente

INDECISÃO ATÉ AO FIM, DUAS REVIRAVOLTAS E MUITA EMOÇÃO!

Entrou melhor a Lista Exigente e aos 3 minutos Francisco Marcos finalizou da melhor maneira o cruzamento de Mário Salgado. A Mix Team rapidamente deu resposta e no espaço de 5 minutos fez 3 golos; primeiro por Hugo Henriques de cabeça, depois Alexandre Nunes após recarga e finalmente João Cardoso com um remate seco e colocado fez o 3-1. A Lista Exigente não quis ficar atrás e no minuto seguinte Pedro Sá Cardoso de longe reduziu para 3-2. Até ao intervalo o resultado não mais mexeu. No segundo tempo a Mix Team tentou alvejar a baliza contrária mas Adria Garcia e a sua defesa impediram o golo. A Lista Exigente beneficiou de uma má abordagem do guarda-redes contrário ao minuto 40 e empatou o encontro após cruzamento inofensivo de Jean Barradas. A Mix Team ainda se colocou de novo em vantagem por Alexandre Nunes (4-3), mas nos últimos 3 minutos Jean Barradas aproveitou dois livres diretos para virar o resultado e resolver assim o encontro com a vitória para a Lista Exigente.

 

BOCA 5-1 Carochada FC

FÁBIO MARTINS IMPARÁVEL DESTRÓI DEFESA DA CAROCHADA!

O BOCA desde cedo controlou o ritmo da partida e sem dificuldade iniciaram a marcha do marcador, primeiro de recarga pelo capitão Bruno Canteiro e depois num remate frontal de Fábio Martins. A Carochada ainda reduziu por Hugo Canal na sequência de um contra-ataque aos 13 minutos, mas o BOCA dilatou de novo a vantagem pouco antes do intervalo por Ricardo Pereira (3-1). O segundo tempo foi quase uma réplica do primeiro. Aos 33 minutos Fábio Martins abriu o livro e após jogada individual desenhou um chapéu perfeito ao guarda-redes contrário e pouco depois aos 35, fez o hat-trick na partida (5-1). Até final o resultado não teve mais alterações.

 

Iraque Unita 6-3 Os Magriços

IRAQUE UNITA CONTROLOU TODA A PARTIDA, MAS DUARTE AMARAL AINDA CONSEGUIU 3 GOLOS NOS ÚLTIMOS 10 MINUTOS!

O Iraque Unita inaugurou o marcador aos 10 minutos por Henrique Dias após boa jogada e aos 12 na sequência de um lançamento de linha lateral Martim Ferreira fez o 2-0. A equipa ainda desperdiçou um pontapé de penálti no primeiro tempo, mas chegaram ao golo aos 23 minutos num calcanhar de Martim Ferreira. Ao intervalo: 3-0. O segundo tempo não foi muito diferente do primeiro, aos 30 minutos o Iraque Unita fez o 4-0 e pouco depois foi Afonso Dias a chegar ao golo (5-0). O ritmo abrandou e Os Magriços chegaram-se à frente, Duarte Amaral completou o hat-trick em menos de 8 minutos (40, 41 e 48 minutos) mas foram insuficientes para bater o Iraque Unita, que pelo meio deste hat-trick fez mais um golo aos 45 minutos.

 

Olimpico da Falagueira 8-2 Atlético Dá Milpau

SHOW DO OLÍMPICO RESULTA EM 8 GOLOS!

Os primeiros minutos ainda foram disputados, mas com o passar do tempo o Olímpico tomou conta do jogo. Inauguraram o marcador aos 11 minutos por João Sousa já dentro da área mas aos 18 Henrique Duarte empatou. Na jogada de saída Rui Alves disparou antes do meio-campo e colocou a sua equipa de novo a vencer. Pouco depois e ainda antes do intervalo, o Olímpico da Falagueira aproveitou da melhor maneira 2 livres diretos e fez 2 golos (4-1). No início do segundo tempo João Sousa chegou ao hat-trick, aos 34 minutos Rui Alves bisou, pouco depois o capitão João Duro passou por 3 adversários oferecendo o golo a Rui Alves e João Sousa completou o póquer após Henrique Duarte (Atlético Dá Milpau) ter também bisado na partida.

 

PROLIGA

 

Fluminete 4-1 AEFCH

ESTREIA VITORIOSA DO FLUMINETE COM HAT-TRICK DE VALTER SANCHES!

Jogo de estreia para ambas as equipas na Superliga Nacional Futebol 7, antecipando assim um jogo de resultado indefinido, pois tudo dependeria da qualidade apresentada por ambas. Iniciou melhor a partida a equipa de Valter Sanches, marcando este o 1º golo que abriu assim o marcador para o Fluminete logo aos 3 minutos de jogo. Depois deste golo o jogo equilibrou durante alguns momentos, a equipa que ia chegando mais vezes com perigo à baliza adversária até iam sendo os AEFCH, mas a eficácia superiorizou-se à quantidade, voltando Valter Sanches a encontrar o caminho do golo com o 2-0 e também o 3-0, aos 17 e 23 minutos, que concluíram a partida ao intervalo num 3-0 para o Fluminete. Na 2ª parte as oportunidades foram surgindo em ambas as balizas, ambos os guarda-redes foram estando em destaque com várias defesas, mas seria novamente o Fluminete a marcar, fazendo Tiago Ascensão o 4-0 na partida. Apesar das várias tentativas de chegar ao golo por parte do AEFCH, a bola teimava em não entrar, mas Gonçalo Matos ainda conseguiu dar a esta equipa motivos para festejar, fazendo o 4-1 aos 44 minutos. Os últimos 6 minutos não tiveram mais alterações no marcador, levando assim os primeiros 3 pontos nesta prova a equipa do Fluminete.

 

Magma FC 0-6 Rapazes do O.T.O

GRANDE VITÓRIA DOS RAPAZES DO O.T.O COM POKER DE CARLOS DANTAS!

Rapazes do O.T.O a demonstrar ser uma equipa muito organizada e aos 3 minutos de jogo já venciam por 2-0, com Carlos Dantas a bisar. Os Rapazes do O.T.O a conseguiram gerir melhor o seu jogo e antes do intervalo fazem o 3-0, novamente por Carlos Dantas que chegava assim ao hat-trick com apenas 25 minutos de jogo disputados. Na segunda metade o jogo foi idêntico à primeira, com domínio dos Rapazes do O.T.O e ampliaram assim a sua vantagem para 6-0 com Poker de Carlos Dantas, um de Ricardo Almeida e outro de Ricardo Pereira.

 

Farelães FC 2-7 Maccabi Tá-Tudo-Vivo

JOGO COM VÁRIOS GOLOS TERMINA COM VITÓRIA PARA O MACCABI TÁ-TUDO-VIVO!

Jogo esteve equilibrado nos primeiros minutos, mas com o passar do tempo o Maccabi foi criando várias oportunidades de golo e chega ao golo aos 13 minutos por Manuel Sokolov e um minuto depois outra vez Sokolov através de um remate de longe faz o 0-2. Só custou marcar o primeiro para o Maccabi, pois antes do intervalo, estes alargaram a sua vantagem para 4-0 por Bernardo Xavier e novamente Manuel Sokolov. Na segunda parte o Maccabi a conseguir gerir melhor o seu jogo e chega ao 5-0 por Miguel Zima, mas os Faralães a mostrar que ainda estavam em jogo, reduzindo para 5-2 por Tomé Alves e João Bico. Ainda houve tempo para o Maccabi alargar novamente a vantagem para 7-2, com Bernardo Xavier e Miguel Zima a bisarem no encontro.

 

100 Nome 3-3 Gente do Mal

GENTE DO MAL DESPERDIÇA VANTAGEM DE 3 GOLOS CONQUISTADA NA 1ª PARTE!

A Gente do Mal aproveitou o desacerto adversário e abriu o marcador aos 3 minutos por Rui Serrão. Os 100 Nome reponderam pouco depois mas foi a Gente do Mal de novo a marcar, quando aos 15 minutos Paulo Monteiro disparou um remate indefensável (0-2) e aos 20 minutos com um remate do meio-campo Nuno Carvalho fez o terceiro. Ao intervalo 0-3. A Gente do Mal pouco fez a nível ofensivo no 2º tempo e os 100 Nome ganharam esperança após um penálti transformado por Marcelo Leitão. O mesmo jogador encurtou distâncias aos 44 minutos em contra ataque e empatou o encontro aos 47 minutos chegando assim ao hat-trick.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.