LISBOA CLUBE RIO DE JANEIRO ESTREIA-SE NA TAÇA COM VITÓRIA!

 

TAÇA SEMANAL GRUPO A

 

Lisboa Clube Rio de Janeiro 3-1 Growin

ACÁCIO BISA E RIO DE JANEIRO DÁ A VOLTA E LEVA OS 3 PONTOS NA ESTREIA DA TAÇA!

O primeiro tempo não foi fértil em oportunidades de golo e a partida foi disputada a meio-campo. Ainda assim o Growin abriu cedo o marcador, aos 4 minutos, por Ruben Ornelas. O Rio de Janeiro reagiu, controlou a posse de bola e aos 20 minutos acertou no poste após jogada coletiva. O golo do empate surgiu no minuto seguinte por Paulo Sérgio. Ao intervalo: 1-1. A 2ª parte continuou dividida, criou perigo primeiro o Rio de Janeiro de livre direto e o Growin respondeu mas o guarda-redes contrário segurou o empate. O Rio de Janeiro colocou-se a vencer aos 33 minutos após Acácio aproveitar um erro da defensiva adversária. O Growin respondeu de imediato, tentou de várias formas chegar ao golo e aos 38 minutos viu a defesa do Rio de Janeiro salvar por duas vezes em cima da linha de baliza. O Rio de Janeiro não se intimidou e pouco depois fez o golo que garantiu a vitória.

 

TAÇA SEMANAL GRUPO B

 

M. Kiala Construções 5-5 Bonde Sem Freio

BONDE SEM FREIO RELAXA E NO FIM M. KIALA CONSTRUÇÕES RECUPERAM DESVANTAGEM DE 2 GOLOS!

Início de encontro interessante, o Bonde entrou mais ativo e aos 5 minutos acertou no poste, mas na recarga Alseny Bah abriu o marcador. O M. Kiala não quis ficar atrás e no minuto seguinte acertou no poste e na sequência do lance Bubu finalizou no coração da área após cruzamento. O M. Kiala continuou por cima e pouco depois Bubu, novamente sozinho, bisou ao segundo poste. O Bonde Sem Freio carregou o adversário em busca do empate, que surgiu aos 15 minutos de penálti. O Bonde estava melhor na partida e com naturalidade aos 21 minutos colocou-se a vencer após excelente combinação ofensiva, André Martins assistiu de calcanhar para o bis de Alseny Bah. O segundo tempo iniciou dividido, o M. Kiala esteve perto de marcar aos 38 minutos mas Samuel defendeu para canto. No minuto seguinte, em ataque rápido, Giovani finalizou e ampliou a vantagem para 2 golos. O M. Kiala reagiu de imediato e após pressão alta reduziu pouco depois para 3-4. O M. Kiala estava à procura do empate mas em contra-ataque Giovani aproveitou um desacerto defensivo para fazer o 3-5. O M. Kiala nunca baixou os braços e pouco depois Vita Malonga deu esperanças à equipa, finalizando à entrada da área, que pouco depois chegou ao empate em contra-ataque de 4 para 2, já quando faltava menos de 1 minuto para o final.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.