Equipas novas marcam posição no Minho

Decorreu este domingo a segunda jornada do Superliga de futebol de 5, com a estreia em grande do Atlético de Padim e do Segunda às oito.

O Atlético de Padim começou da melhor forma a sua participação na Liga, com uma vitória robusta por 9-0 frente ao Desportivo da Goma. O resultado começou a ser construido na primeira parte com dois golos em dois minutos, por parte de Carlos Ribeiro. A equipa do Goma que vinha de um bom resultado na primeira ronda, nunca se encontrou e ao intervalo perdia por 3-0. Na segunda parte arriscaram mais um pouco, para corrigir o resultado, mas acabaram por desgornecer a defesa e sofreram mais 6 golos. Destaque para Carlos Ribeiro que completou o hat-trick e também para Pedro Faria que também marcou três golos, sendo eleito o MVP da partida do lado do Atlético de Padim. No Desportivo da Goma o principal destaque vai para José Castro.

O Segunda às oito também entrou com o pé direito na competição, ao bater o Raça Jovem FC por 6-0. O início de jogo do Segunda às oito foi demolidor, já que à passagem do minuto 3 já venciam por 2-0, com os golos a serem da autoria de José Fernandes, que viria a ser eleito o MVP do lado do segunda às oito. Antes do intervalo o Segunda às oito ainda chegou ao terceiro golo por intermédio de Tiago Lopes. O mesmo atleta no reinício da etapa complementar marcou o seu segundo golo colocando o resultado em 4-0. Até ao fim da partida, José Fernandes completou o seu póker, colocando o marcador final em 6-0. Do lado do Raça Jovem FC o jogador em maior evidência foi Firmino.

No jogo mais esperado da ronda, o FC Lokomotiv Gondar venceu o Conquistadores SC por 2-1. O jogo como se esperava foi pautado pelo equilíbrio e por muitos duelos. O Lokomotiv saiu na frente à passagem do minuto 11 por Rúben Ribeiro, mantendo-se assim até ao intervalo. Na segunda metade o Lokomotiv arrancou mais forte e aumentou a sua vantagem através de Montoya, que no final foi eleito o melhor em campo do lado do Lokomotiv. O Conquistadores não desistiu e consegui reduzir à passagem do minuto 32 por Joel Pereira. Este golo fez renascer a esperança dos Conquistadores, mas o Lokomotiv aguentou esta vantagem até ao final da partida, assumindo a liderança isolada da liga. Do lado do Conquistadores, o jogador mais inconformado foi Hélder Silva.

No encerramento da jornada o CSE Hools conseguiu a sua primeira vitória no campeonato, ao vencer o Pé na Cova por 5-0. Os golos só surgiram a meio da primeira parte, mas vieram logo em dose dupla, com Rafael Faria, do CSE Hools, a marcar ao minuto 10 e 11. A equipa do Pé na Cova tentou reagir, mas mostrou sempre muitas dificuldades em chegar à baliza do CSE Hools. O intervalo chegou com o resultado em 2-0. Na segunda parte o jogo continou com o Pé na Cova a tentar marcar um golo para voltar a entrar no jogo, mas sem sucesso. Quem foi mais eficaz, foi a equipa do CSE Hools que chegou ao terceiro golo ao minuto 32 por Eduardo Santos. Antes do final, Hugo Lopes marcou o quarto e Eduardo Santos fechou a contagem com o quinto golo do CSE Hoools. Com estes dois golos, Eduardo Santos foi eleito a estrela maior do lado do CSE Hools. No Pé na Cova o jogador que mais lutou contra a corrente foi Claúdio Carlos.

Minho 2 Grupo Desp. da Goma 0 9 Atlético de Padim 22/out 18h15 ASA
Minho 2 Segunda às oito 6 0 Raça Jovem FC 22/out 19h30 ASA
Minho 2 FC Lokomotiv Gondar 2 1 Conquistadores Sport Club 22/out 20h30 ASA
Minho 2 CSE Hools 5 0 Pé na Cova 22/out 21h30 ASA

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.