(CENTRO) EM AVEIRO, FLORGRADE VENCE INVÁLIDOS, E VINGA DERROTA DA ÉPOCA ANTERIOR! EM LEIRIA, CAFÉ TREVOS SOMA IMPORTANTE VITÓRIA!

Em Aveiro, 2ª Jornada realizada a contar para a Divisão de Elite e para a Championship, sendo que para a Elite foram registadas vitórias de Byourself, Florgrade, e La-Salette FC, e para a Championship venceram Holmes Place FC, Bella Pizza, Urban Soccer, e Fustal.

Para a Elite, no 1º jogo do dia, o La-Salette FC enfrentou o Desportivo D’Azeméis, e conquistou uma importante vitória por 5 x 2, num jogo bem disputado, e onde a vitória acabou por sorrir à primeira equipa. Até foi o Desportivo a iniciar melhor a partida, com golo a abrir o jogo por intermédio de João Marques, mas o La-Salette FC conseguiu chegar ao empate ao minuto 8′, altura em que Rafael Silva deixou o jogo empatado a uma bola. Com este golo, o La-Salette procurou assumir o jogo, e pressionar o adversário, e aos 13′ passou para a frente do marcador, com Renato Pereira a fazer o gosto ao pé, e a promover a reviravolta no marcador. O Desportivo sabia que tinha de reagir, sabendo que a vitória era muito importante para as aspirações da equipa, e empatou na melhor altura – antes do intervalo -, com João Marques a bisar na partida, e a fazer o empate a 2 bolas. Na 2ª metade, ambas as formações tentaram chegar rapidamente ao golo da vantagem, havendo boas oportunidades de golo para ambos os lados, mas foi o La-Salette a dominar a 2ª metade, e logo aos 28′ passou novamente para a frente do marcador, com Diogo Almeida a fazer o 3 x 2, sendo que o Desportivo tentou reagir, mas apesar das ocasiões criadas, não foram convertidas em golo. Quem não marca sofre, e o La-Salette acabou por sentenciar a partida nos minutos finais, Cláudio Afonso aos 46′ a fazer o 4 x 2, e Júlio Damas, aos 49′, a fazer o 5 x 2 final, e a garantir os primeiros 3 pontos à equipa nesta fase.

No outro jogo do dia, verificado o Jogo Grande da Jornada, com os actuais campeão e vice-campeão, Inválidos e Florgrade, respectivamente, frente a frente para disputar os 3 pontos, e foi desta vez o Florgrade a levar a melhor, e a conseguir vingar a derrota da época anterior, ao vencer por 4 x 2, com Nuno Capela, do Florgrade, em destaque ao marcar todos os golos da sua formação. O jogo iniciou praticamente com um golo, perante a desatenção do Inválidos, e Nuno Capela, aos 3′, abriu o marcador. O Inválidos procurou subir as linhas para chegar ao empate, mas foi novamente o Florgrade a garantir novo golo, e aos 8′ Nuno Capela bisou na partida, e complicou as contas do Inválidos. A partir daqui, o Florgrade procurou garantir a posse de bola, e ter a iniciativa das acções, perante um Inválidos mais agressivo na recuperação de bola, e com vontade de reduzir a desvantagem. O golo voltou a aparecer, e apesar das boas oportunidades criadas pelo Inválidos, foi o Florgrade a passar novamente para a frente, com Nuno Capela a completar o hattrick, e fez o 3 x 0 aos 22′, e a equipa foi a vencer 3 x 0 para o intervalo. Na 2ª metade, o Inválidos foi à procura de reduzir a desvantagem, e conseguiu mesmo, por intermédio de Hugo Justiça, que aos 35′ fez o 3 x 1, mas 3′ depois novamente o Florgrade a ampliar a vantagem, e a fazer o 4 x 1. O Inválidos ainda voltou a reduzir, por João Meireles aos 45′, mas foi o melhor que a equipa conseguiu fazer. Com esta vitória, o Florgrade encontra-se bem encaminhado para passar à Final Nacional. Já o Inválidos, não conhecia o sabor da derrota há vários meses, e terá agora que vencer os restantes jogos para sonhar com a presença na próxima fase.

No outro jogo da Elite, Byourself e FutPark encontraram-se para disputar os 3 pontos, e foi o Byourself a levar a melhor, ao conquistar uma importante vitória por 5 x 2. O jogo iniciou praticamente com um golo do Byourself, com Pedro Freire a abrir o marcador no 1º minuto, mas o FutPark reagiu 4′ depois, e empatou por Nuno Rocha, fazendo assim o 1 x 1. O Byourself tentou voltar a estar por cima do encontro, perante um FutPark mais comedido, sendo que o Byourself acabou por voltar a estar por cima do encontro, e novamente com o mesmo jogador a facturar, desta vez aos 11′. O FutPark subiu as linhas, procurando chegar ao empate, mas o Byourself ia gerindo o jogo, e ia ritmando a partida, e aos 19′ Pedro Rita fez o 3 x 1, deixando tudo mais complicado para a equipa adversária. O intervalo chegou, e o FutPark sabia que teria de fazer muito mais para conseguir sonhar pelo menos com o empate. O FutPark iniciou melhor, tendo as melhores oportunidades, mas o Byourself estava a ser eficaz, e aos 30′ ampliou novamente a vantagem, fazendo o 4 x 1 por Diogo Silva, mas a resposta não demorou a chegar, e David Rocha, aos 34′ fez o 4 x 2, dando esperança à equipa do FutPark. A esperança acabaria por esmorecer 5′ depois, altura em que Renato Miguel, do Byourself, fez o 5 x 2, fazendo com que a equipa garantisse os 3 pontos.

Já na Championship, na zona de Esgueira, no 1º jogo o Holmes Place FC enfrentou o Velhotes, e venceu pela margem mínima – 1 x 0, e soma assim uma importante vitória. A primeira parte da partida foi bastante dividida, e apesar das boas oportunidades criadas por ambas as formações, nenhum dos Guarda-Redes permitiu que o resultado sofresse alterações, e chegámos ao intervalo com um 0 x 0. Na 2ª metade, ambas as formações procuraram chegar ao golo, e o mesmo chegou já perto do término da partida, aos 41′, por David Silva, golo este que garantiu os 3 pontos à equipa do Holmes Place FC, que está agora na frente do Grupo. No outro jogo do dia, o Bella Pizza venceu por 5 x 0 AC Milaz, por falta de comparência da equipa adversária.

Na zona de Rio Meão, realizaram-se os outros 2 jogos a contar para a Championship, sendo que no 1º jogo colocou Urban Soccer e Doble Brothers pela frente, sendo que a primeira equipa conquistou a sua 2ª vitória seguida, depois de vencer por 6 x 1. A primeira parte foi muito dividida, com ambas as equipas a quererem chegar ao golo, criando algumas oportunidades, mas foi o Urban Soccer a passar para a frente do marcador, com golo aos 12′, por Carlos Sá. O Doble Brothers tentou reagir, mas até final do 1º tempo, o marcador não se alterou. Na 2ª metade, o Urban Soccer entrou mais pressionante, e mais agressivo, conseguiu alcançar um resultado mais dilatado. Aos 30′, Tiago Santos fez o 2 x 0, e 2′ depois, perante a passividade do Doble Brothers, o mesmo jogador ampliou a vantagem, e fez o 3 x 0. O Doble Brothers não reagia, e o Urban Soccer estava com a motivação em alta, e aos 37′ e 39′ Joel Pereira fez golo, colocando o resultado em 5 x 0, deitando por terra as esperanças do adversário, que ainda conseguiu reduzir a desvantagem, com um auto-golo de Carlos Sá aos 42′, mas o jogo já estava decidido, e o Urban Soccer ainda teve tempo para o 6 x 1, por Miguel Guedes, a 2′ do final do encontro.

No outro jogo realizado, o Fustal enfrentou o JA Rio Meão, e perante um jogo bastante disputado, a vitória acabou por ir para a equipa do Fustal, que venceu por 4 x 2. A primeira parte foi maioritariamente da equipa do Fustal, que foi a equipa que procurou ser mais agressiva e ofensiva nas suas acções, perante um Rio Meão a apostar no Contra Ataque, e a jogar no erro do adversário. Aos 5′, João Gomes fez o 1º tento na partida, colocando o Fustal em vantagem, sendo que o JA Rio Meão tentou reagir, mas foi novamente o Fustal a conseguiur ampliar a vantagem, com Daniel Oliveira a fazer o 2 x 0, e a dar um maior conforto quanto ao resultado. O JA Rio Meão não atirou a toalha ao chão, e mesmo a terminar a partida reduziu a desvantagem, por João Pinhão, e deixou a 2ª parte em aberto. Na 2ª metade, o JA Rio Meão procurou subir no terreno, assumindo o ritmo de jogo, mas o Fustal ia controlando as manobras ofensivas do adversário, e ia igualmente criando oportunidades, e numa delas acabou por conseguir chegar ao 3º golo, desta vez por Fábio Silva, que aos 33′ fez o 3 x 1. Vítor Ribeiro, aos 43′, fez o 4 x 1, retirando as dúvidas sobre o vencedor, sendo que o melhor que o JA Rio Meão conseguiu foi reduzir para 4 x 2, aos 49′, por Emanuel Teixeira. Com esta vitória, a equipa do Fustal soma a 2ª consecutiva, e lidera com 6 pontos juntamente com o Urban Soccer.

2ª JORNADA – DIVISÃO DE ELITE

14 de Janeiro, Esgueira

18H00 – Desportivo D’Azeméis 2 x 5 La-Salette FC

19H00 – Florgrade 4 x 2 Inválidos

15 de Janeiro, Esgueira

19H00 – FutPark 2 x 5 Byourself

2ª JORNADA – CHAMPIONSHIP

14 de Janeiro, Esgueira

20H00 – Bella Pizza 5 x 0 AC Milaz

21H00 – Velhotes 0 x 1 Holmes Place FC

15 de Janeiro, Rio Meão

17H00 – Urban Soccer 6 x 1 C.U. Doble Brothers

18H00 – Fustal 4 x 2 J.A. Rio Meão

Em Coimbra, 7ª jornada realizada, sendo registadas vitórias de Servilusa frente ao JC Soccer, e o M-Team disputou o já conhecido duelo com o Feyenoord, e desta vez conquistou uma importante vitória.

No 1º jogo disputado, o M-Team encontrou pela frente o Feyenoord, e venceu por 6 x 3, num jogo muito dividido, mas onde o M-Team teve maior maturidade e capacidade de gestão do ritmo de jogo. A primeira parte foi totalmente dominada pelo M-Team, perante um Feyenoord muito passivo, e aos 8′ inaugurou a partida, por Filipe Almeida, aos 8′, e no minuto seguinte o mesmo jogador fez o 2 x 0, ampliando a vantagem para a sua equipa. O Feyenoord procurou reagir, e criou algumas oportunidades junto da baliza de João Lucas, mas foi novamente o M-Team a alcançar o golo, aos 20′, por Tiago Durães, e 3 x 0 foi o resultado ao intervalo. Na 2ª metade, o Feyenoord entrou com outra postura na partida, e a postura deu realmente frutos, já que aos 26′ reduziu para 3 x 1, por intermédio de João Carvalho, e aos 40′ Pedro Macedo fez o 3 x 2, relançando a partida, e dando esperança à sua equipa. O Feyenoord pressionava para chegar ao empate, mas o M-Team voltou a criar uma vantagem de 2 golos, e aos 43′ Daniel Ferraz fez o 4 x 2, mas 3′ depois novamente o Feyenoord a pressionar no resultado, e fez o 4 x 3 por João Carvalho, jogador que bisava assim na partida. O Feyenoord lutou para chegar ao empate, mas o M-Team foi melhor na fase final do encontro, e conseguiu marcar por mais 2 vezes, por Nuno Lopes aos 47′, e o capitão Marcos Moita fez o 6 x 3 final aos 48′, e o M-Team conquista assim uma importante vitória.

No outro jogo realizado, o Servilusa conquistou uma vitória por 5 x 0, após falta de comparência da equipa adversária.

7ª Jornada Superliga Coimbra

15 de Janeiro, Casaense

19H00 – M-Team 6 x 3 Feyenoord

20H00 – JC Soccer 0 x 5 Servilusa

Em Leiria, 7ª Jornada realizada, sendo verificadas vitórias de AR Batalhense, Café Trevos, e Barrigudos FC.

No 1º jogo do dia, o Café Trevos enfrentou o Atlético Porto de Mós, e após um jogo bastante disputado pelas duas equipas, o Café Trevos conseguiu uma importante vitória por 6 x 4, depois de um empate a 4 bolas na primeira metade. O primeiro tempo foi bastante disputado, com muito pendor ofensivo, e pouco critério na zona defensiva, o que levou a assistirmos a 8 golos em apenas 25 minutos. Foi o Atlético a iniciar melhor a partida, com um golo logo aos 2′ de jogo, por intermédio de João Alves, mas 5′ depois o Café Trevos empatou, por intermédio de Gonçalo Vieira. O empate durou pouco tempo, já que o Atlético voltou a passar para a frente do marcador, com João Almeida, a fazer o 2 x 1, mas a resposta do Café Trevos chegou logo a seguir, com Hugo Gaspar, aos 11′, a promover o empate a 2 bolas, e a deixar tudo em aberto. Ambas as formações estavam bem, e o golo voltou a aparecer, e novamente o Atlético a ficar em vantagem, com o goleador Lino Souza a fazer o 3 x 2 aos 13′, mas 1′ depois Tiago Carmo a fazer novamente o empate para o Café Trevos. Aos 18′, pela primeira vez o Café Trevos passou para a frente do marcador, com João Oliveira a fazer o 3 x 4, mas 2′ depois Carlos Filipe, o capitão do Atlético, fez o 4 x 4, e até final do 1º tempo o resultado foi este. A 2ª parte foi totalmente diferente, com o Café Trevos por cima do encontro, perante um Atlético mais comedido e discreto, e que acabou por consentir 2 golos, por intermédio de Hugo Gaspar aos 41′, e aos 49′ por Tiago Carmo, ambos a bisarem na partida.

Nos outros 2 jogos, AR Batalhense e Barrigudos FC venceram por Falta de Comparência do adversário.

7ª Jornada Superliga Leiria

14 de Janeiro, Marinha Grande

17H00 – Velho Marinheiro 0 x 5 Barrigudos FC

18H00 – Atlético Porto de Mós 4 x 6 Café Trevos

19H00 – ARBatalhense 5 x 0 Cool Bar Team

Em Viseu, jornada realizada respectiva à Taça, com Bagaceiros e Leões de Viseu frente, mas nenhuma das equipas saiu vitoriosa, já que registaram um empate a 3 bolas no final dos 50 minutos. Jogo bem disputado, com um bom futebol, por parte das duas equipas, que preocuparam-se somente em fazer golos. Aos 13′, o Bagaceiros adiantou-se no marcador, com Ricardo Coelho a marcar, e aos 20′ o mesmo jogador bisou na partida, e fez o 2 x 0, complicando as contas para o Leões de Viseu, e até final do primeiro tempo, não houve alterações no resultado. Na 2ª metade, o Leões de Viseu deu uma resposta à altura, e logo no 1º minuto reduziu a desvantagem, com Gabriel Lopes a marcar, e 2′ depois Gonçalo Costa fez o empate a 2 bolas, relançando a partida. Aos 32′, o Leões de Viseu promoveu a reviravolta no marcador, e fez o 2 x 3 por Bernardo Monteiro, mas 4′ depois Fábio Matos empatou a partida a 3 bolas, e dividiu os pontos entre ambas as formações.

Taça Regional – Fase de Grupos

14 de Janeiro, Repeses

20H00 – Bagaceiros 3 x 3 Leões de Viseu

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.