(CENTRO) BAGACEIROS CAMPEÃO DA SUPERLIGA VISEU! EM AVEIRO, FLORGRADE, FUTPARK, E INVÁLIDOS ENTRAM COM PÉ DIREITO NA ELITE!

EM COIMBRA, AAC GERAÇÃO ENFRENTOU M-TEAM, E VINGOU DERROTA DA 1ª JORNADA!

Em Viseu, foi tempo da última Jornada a disputar para a Superliga Viseu, e no jogo que colocou frente a frente Bagaceiros e ALSeguro – em que em caso de vitória de qualquer equipa, a mesma seria campeã -, foi o Bagaceiros a levar a melhor, e a ser o mais recente campeão da Superliga Viseu, depois de vencer por 3 x 2, num jogo extremamente bem disputado, e onde a vitória poderia ter sorrido a qualquer uma das equipas, mas sorriu à equipa mais eficaz e mais constante ao longo dos 50′. O jogo iniciou praticamente com um golo, sendo que Fábio Matos, do Bagaceiros, abriu o marcador aos 3′, e até ao intervalo, apesar das boas oportunidades para ambas as formações, o resultado não sofreu alterações. Na 2ª metade, foi o Bagaceiros a entrar melhor na partida, e aos 27′ fez o 2 x 0, por Bruno Lopes, e 1′ depois surgiu o 3 x 0, com Fábio Matos a bisar na partida, e a fazer o 3 x 0, tornando as contas mais complicadas para o ALSeguro. O ALSeguro não baixou os braços, e procurou um resultado mais favorável, e acabou por conseguir reduzir a desvantagem, com golo de João Costa aos 32′, e aos 35′ André Condeço fez o 3 x 2, e relançou a partida. Apesar da boa resposta do ALSeguro, não houve alterações no resultado, e a vitória acabou mesmo por ir para a equipa do Bagaceiros.

Jornada em Atraso – Superliga Viseu

8 de Janeiro, Repeses

20H00 – Bagaceiros 3 x 2 ALSeguro.
Em Coimbra, 2 jogos realizados a contar para a 6ª Jornada da Superliga Coimbra, sendo registadas vitórias de AAC Geração 90 e Feyenoord.

No 1º jogo da partida, a AAC Geração 90 vingou-se da derrota da primeira mão, em que perdeu por 3 x 2, e agora frente novamente ao M-Team venceu por 2 x 0, e começa esta 2ª volta da melhor maneira. O jogo iniciou muito dividido, com oportunidades para ambos os lados, mas foi a AAC a alcançar o 1º golo, por Rafael Machado, o maestro da equipa da AAC, aos 13′. O M-Team tentou respondeu com o empate, mas apesar das boas oportunidades criadas, o golo não apareceu, e o resultado até ao intervalo não apareceu. Na 2ª metade, o M-Team tentou subir as linhas, e procurou mais velocidade nas transições e na construção do seu jogo, perante uma AAC que fazia por manter a posse de bola, e aproximar-se da baliza adversária. O 2º golo acabou por aparecer aos 33′, novamente para a AAC, sendo o suspeito do costume – Carlos Vinhas – a fazer o 0 x 2.

No outro jogo do dia, o Feyenoord encontrou pela frente o Servilusa, e venceu por 8 x 2, num jogo onde o Feyenoord dominou do início ao fim da partida. O Feyenoord procurou chegar rapidamente ao golo, tendo muita intensidade e velocidade nas suas acções, perante um Feyenoord mais defensivo e a apostar no contra-ataque. Após algumas oportunidades criadas, o golo do Feyenoord acabou mesmo por aparecer, aos 7′ por intermédio de Pedro Macedo, e aos 13′ Daniel Barradas ampliou a vantagem para 2 x 0, deixando as contas mais complicadas para o Servilusa. O Servilusa tentou responder, e começou a jogar mais ofensivamente, mas foi novamente o Feyenoord a chegar ao golo, desta vez aos 19′, por Tiago Barradas, e até final do 1º tempo, João Beltrão, aos 22′, ainda fez o gosto ao pé, e deixou o resultado em 4 x 0. Na 2ª metade, novamente o domínio do Feyenoord, mas com um Servilusa à procura de subir no terreno, e tentar fazer golos, mas foi o Feyenoord a conseguir novamente chegar ao golo, logo aos 3′ da 2ª metade, por intermédio de Pedro Macedo, que bisava assim na partida, sendo que aos 31′ Daniel Barradas bisou igualmente na partida, fazendo o 6 x 0, e aos 35′ Pedro Patrício fez o 7 x 0. O Servilusa, mesmo com este resultado, foi à procura de reduzir a desvantagem, e aos 40′ Bruno Braz fez o 7 x 1, e por Ivo Peralta aos 50′. O Feyenoord ainda fez o 8º golo logo de seguida, por Daniel Barradas, que completou o hatrrick, e o jogo terminou com 8 x 2.

6ª Jornada Superliga Coimbra

8 de Janeiro, Casaense

19H00 – M-Team 0 x 2 AAC Geração 90

20H00 –  Feyenoord 8 x 2 Servilusa
Em Leiria, abertura da 2ª volta, com vitória de Café Trevos, ARBatalhense, e empate entre Barrigudos FC e Atlético Porto de Mós.

No 1º jogo do dia, Barrigudos FC e Atlético dividiram pontos, depois de registado um empate a 3 bolas. Ambas as formações iniciaram a partida com o objectivo de chegar rapidamente ao golo, sendo que foi o Barrigudos FC a conseguir alcançar o 1º tento, por intermédio de Alexandre Azevedo, aos 3′, sendo que o mesmo jogador ampliou a vantagem aos 13′, fazendo assim o 2 x 0, e deixando tudo mais complicado para a equipa do Atlético. O Atlético, no entanto, não baixou os braços, e foi à procura do empate, e conseguiu reduzir a desvantagem aos 18′, altura em que Tiago Bertolo reduziu para 2 x 1, mas no minuto seguinte Luís Carreira facturou para o Barrigudos FC, e fez assim o 3 x 1, e até ao intervalo não houve alterações no resultado. Na 2ª metade, o Atléticou sabia que tinha de produzir muito mais para conseguir mudar o rumo dos acontecimentos, e a verdade é que a equipa entrou melhor na 2ª parte, e conseguiu criar mais oportunidades de golo, e alterar o resultado. Aos 30′, novamente Tiago Bertolo a facturar, e a bisar assim na partida, fazendo o 2 x 3, e já aos 40′ João Alves empatou a partida a 3 bolas, e até final da partida o resultado não se modificou.

Nos outros 2 jogos, o Café Trevos e a A.R. Batalhense venceram por Falta de Comparência dos seus adversários.

6ª Jornada Superliga Leiria

7 de Janeiro, Lagoinha Park

17H00 – Barrigudos FC 3 x 3 Atlético Porto de Mós

18H00 – O Velho Marinheiro 0 x 5 ARBatalhense

19H00 – Cool Bar Team 0 x 5 Café Trevos

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.